Budismo'S ARCHIVE

  • Rev. Jun-ichi Nakamura Juji significa viver esta vida, enquanto defendemos os ensinamentos de Buda com firme confiança e fé. Este é a prioridade número um dos cinco tipos de prática para professores do Dharma, ou Goshu Hosshi-gyô. Quando você pratica diariamente, você lê o Kaikô- ge, os versos para abertura do Sutra. Nestes versos há […]

    CONTINUE READING
  • Ben Ajari Nissho (1221-1323) foi estudante companheiro de Nichiren no Monte Hiei. Embora tivesse um ano a mais, se impressionou tanto com Nichiren que se uniu a ele em Kamakura quando começou a propagar ali em 1253. Dizem que Nisshô havia sido adotado por Konoye Kanetsune, terceiro chefe da família de Konoye da nobreza de […]

    CONTINUE READING
  • *tradução de uma matéria retirada da revista budista Tricycle. É um pouco comum dizer que o Budismo no Japão hoje é uma tradição sob pressão. Enquanto que em séculos anteriores o Budismo representou uma compreensiva cosmológica, política e literária visão de mundo compartilhada pelas pessoas de todas as classes ao longo do arquipélago, hoje não é […]

    CONTINUE READING
  • – Michael Wenger explica que estudar o sutra do Lótus abriu o sentido de sua prática. Embora eu não tenha descrito isto na época, olhando para trás, Eu diria que minha primeira década de prática no Zen tenha sido focada em auto-aperfeiçoamento, especialmente em disciplina. Acho que eu aprendi muito, mas a maioria do que aprendi […]

    CONTINUE READING
  • *Extraído do livro A Espiritualidade Budista, Livro 1. Parte 2: A escola Mahayana. Capítulo 7: Os Sutras, pag. 188-204 A fase criativa inicial do budismo de tradição mahãyãna, em geral identificada no primeiro século a.C., caracteriza-se pelo acréscimo sutil de ajustes devocionais, meditacionais e intelectuais ao budismo tradicional. O padrão desses ajustes, presente nas porções […]

    CONTINUE READING
  • No Budismo nós temos as Três Jóias. Estas três Joias são um tesouro no Budismo e em nossa vida Budista. Buda, Dharma e Sangha são estas três jóias, as quais sem elas não há Budismo e sem elas nossa prática Budista se torna bastante difícil. É bem óbvio o porquê o Buda é um tesouro, […]

    CONTINUE READING
  • [O príncipe] Shotoku foi célebre como um estudante profundo da filosofia budista e autor de oito volumes de comentários sobre os sutras do Lótus, de Vimalakirti e de Srimaladevi. Esses comentários são conhecidos como Sangyo-gisho (comentários sobre os Três Textos Sagrados). Essa obra reflete a ênfase característica do budismo japonês e influenciou profundamente seu desenvolvimento, […]

    CONTINUE READING
  • 4. O Ministro budista como um Bodhisattva chefe-de-família *Texto do Ryuei Michael McCormick Shonin, soryo da Nichiren Shu nos Estados Unidos, tradução do Shami Guilherme Chiamulera. J=Japonês; Skt=Sânscrito Em primeiro lugar, deve-se francamente admitir que o clero japonês não seja composto por bhikshus ou bhikshunis no sentido de mendigos itinerantes, e a Sangha japonesa nunca foi […]

    CONTINUE READING
  • 2. De mendigos itinerantes para Ministros casados Texto do Ryuei Michael McCormick Shonin, soryo da Nichiren Shu nos Estados Unidos, tradução do Shami Guilherme Chiamulera. J=Japonês; Skt=Sânscrito No discurso conhecido como “Os Frutos da Vida Sem-teto”, o Rei Ajatasattu (skt: Ajatashatru) pergunta ao Buda, “Você pode, Senhor, apontar para uma recompensa visível aqui e agora como […]

    CONTINUE READING
  • T’ient’ai A escola fundada no monte da Plataforma Celestial, ou monte Tiantai (chinese: 天台山; pinyin: Tiāntāi Shān; cor. Ch’ont’ae) — localizado na província de chinesa de Zhejiang — tomou sua forma definitiva a partir dos monge Hui-wen, Hui-ssu de Nan-yüeh (515-577) e Chih-i (também conhecido como Chih-che, Chih-k’ai e T’ien-t’ai Ta-ssu, jap. Chisha ou Tendai […]

    CONTINUE READING